Após 3 longos anos utilizando aparelho fixo nos meus dentes, cheguei ao fim do “martírio”, pois enfim tirei aparelho fixo e agora estou utilizando somente o móvel.

E como a maioria das pessoas fazem, após tirar o aparelho é sempre bom realizar uma geral no dentes, como restaurações e pequenos defeitos que ficam após o longo uso do aparelho fixo nos dentes e claro realizar um clareamento dental, para deixar os dentes bem branquinhos.

E sobre isso que vou escrever neste artigo, pois acabei de realizar o clareamento a laser na parte superior dos meus dentes, foram duas seções, a próxima será nos dentes inferiores e já esta agendada para a próxima terça feira.

E como acredito que muitas pessoas tenham dúvidas e perguntas a respeito do clareamento a laser e do caseiro, estarei relando a minha experiência pessoa agora, pois acredito que será útil a todos.

Bem, antes de realizar o clareamento a laser, conversei com outras pessoas que já haviam feito, pois já tinha ouvido e lido muitos relatos de que após o clareamento os dentes ficam bem sensíveis, e praticamente todas as pessoas que fizeram a laser confirmaram a sensibilidade nos dentes.

No meu caso a sensibilidade aconteceu, mas não da pior forma que eu estava imaginando que seria, pois existiu um sensibilidade considerável algumas horas após o clareamento, porém no outro dia já esta praticamente 100% com um pouco de sensibilidade apenas ao tomar algo quente ou frio, mas nada tão insuportável assim como já ouvi algumas pessoas relatando.

E assim que eu realizar o clareamento nos dentes inferiores estarei atualizando com maiores informações, pois talvez na arcada dentária inferior a sensibilidade seja maior.

E quanto ao método do clareamento caseiro eu nunca fiz, pois queria um resultado mais rápido, e tenho isso com o clareamento a laser, até questionei uma amiga minha que é dentista sobre a eficiência do clareamento caseiro, ela me informou que é tão bom quanto o clareamento a laser, porém é mais lento, e precisa fazer a “moldeira” que é utilizada principalmente a noite.

Desta maneira posso concluir que ambos os métodos de clareamento são eficientes, porém com os prós e contra de cada, uma vez que o a laser é mais rápido, porém consideravelmente mais caro que o clareamento caseiro que por sua vez é mais lento.

Sendo assim, deixo esse espaço aberto a todos que queiram fazer algum tipo de pergunta ou relatar as suas experiências, e caso já tenha feito alguma vez o clareamento em casa e o a laser, pode informar qual foi o melhor método para o seus dentes.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*